Tags

, ,

O chefe da diplomacia alemã, Frank-Walter Steinmeier, prepara-se para visitar o Níger e o Mali na próxima semana. Especialistas defendem que a Alemanha deve diversificar as suas estratégias no continente africano.

Ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha visitou o Quénia em 2015

Os políticos alemães mostram cada vez mais interesse pelo continente africano. Nas últimas semanas, os presidentes do Quénia, Uhuru Kenzatta, e de Moçambique, Filipe Nyusi, foram recebidos em Berlim pela chefe do Governo alemão, Angela Merkel.

De 1 a 3 de maio será a vez do ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, visitar o Níger e o Mali, depois de ter viajado, nos últimos tempos, para uma dúzia de outros países africanos.

“Penso que o aumento de interesse em África, aqui na Alemanha, deve-se a fatores económicos”, afirma Christine Hackenesch, do Instituto Alemão para Política de Desenvolvimento (DIE).

“A Alemanha adapta-se sempre que se registam mudanças no continente africano, mas é necessário que diversifique as suas estratégias”, defende Robert Kappel, perito alemão em política africana. “Em África há muitos países diferentes uns dos outros que necessitam de perspetivas específicas”….

Artigo Deutsche Welle África:

http://www.dw.com/pt/que-estrat%C3%A9gia-tem-a-alemanha-para-%C3%A1frica/a-19224214

 

Advertisements